“Pareceu que como se eu compreendesse tudo, e que agora sabia o que causava o cancro, e que se voltasse o corpo iria se curar muito rápido.”

mulher=morre=vlta-da-outra-dimensaoPor vezes escrever e falar parece-nos ser a melhor forma de aprender ou ensinar. E é para quem assim consegue. Outros nem por isso. E querer que sejam iguais a nós, acho que não funciona.

Hoje vi este depoimento desta mulher, Anita Moorjani, que precisou de morrer e voltar, para ser ela mesma

Melhor do que eu contar o que lhe aconteceu, sugiro que a vejam no vídeo (com legendas em Portugues) e saibam as cinco maiores lições que aprendeu com a experiência.



 

mm

Analista / Programador na empresa GoalMarketing, S.A. | Aluno desta escola viva que é a vida, juntamente com estes milhões de colegas, mestres, despertadores que se permitem (me) despertar e me envolver nesta consciência de tudo e de nada. (escolaviva.eu) | Terapeuta e frequentador do/no espaço ki-madeira.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.