Aquilo que está parecendo ser o fim para ti,
É o inicio de uma grande viragem na tua vida.

Que o ser humano normalmente não consiga se lembrar que renasce, isso não sei e dizem os entendido que renascemos, re-encarnamos.

O que sei é que podemos viver este momento agora sem ter que estar a queres e precisar que seja diferente, isso sei que é possível., e não preciso de saber isso. A mente não precisa de saber. Sentir é não procurar.

Hoje o nascer do dia foi diferente.
E o é todos oa dias, todas as horas todos os momentos.

Hoje após ler o pensamento, colocado pelo Emidio Carvalho na “A Escola Viva”, agradavelmente surgiu o pensamento sobre a vergonha do meu corpo, que sentia na minha adolescência e por ai adiante.

Andamos anos a tentar livrar-nos de partes de nós que rejeitamos, e iremos falhar continuamente. Perder uma parte de quem somos é impossível. Podemos esconder partes de nós durante algum tempo, eventualmente estas partes irão querer viver-se. A bem ou a mal.
Bom dia queridos amigos.”
in A Escola Viva

E até esta semana encontrei um album de fotos e ao olhar para o meu corpo, senti quase “inveja” dele por ser perfeito, lindo e o quanto pessoas gostavam da minha presença, da forma que era.
Só eu não via.

E continuamos a ser assim.

Agora neste momento, pensamos que deveria ser diferente, que deveria ser como o passado, que deverá ser no futuro e nunca nos encontramos aqui e agora.

Hoje fui ver o nascer do sol, correr, andar.
Pensei como é bom estar ali a desfrutar do momento.
Por vezes pensei que seria bom estar com alguém.
De repente aparece-me um ser lindo.
Boca linda, corpo revestido de branco, cauda dourada, sempre a me acompanhar sempre ao meu lado até ao destino.
Vimos o nascer do sol, e regressamos.
Separamo-nos no mesmo lugar que nos juntamos.

Uma delicia. Obrigado ser por termos estado juntos.

gato

Se queres saber como consegues mesmo deixar de criares expectativas juntando o sentimento de Ansiedade, começa por perguntares-te:
O que não gostavas mesmo que os outros soubessem de ti?
Escreve em um bloco uma lista de medos, receios, vergonhas que não gostavas que alguém ou ninguém soubesse.

E observa quanto anos andas a dar energia a este desejo, que te impede de seres livre e fazeres o que mais gostas.

Por exemplo a mim aconteceu não gostar de partes do meu corpo.
Até, depois de trabalhar no processo da sombra, resgatar estas vergonhas e sentir-me bem MUITO bem com ele. Não existe outro e não foste tu que o escolheste.

Pode ama-lo
Podes carinha-lo
Podes mima-lo
Podes acaricia-lo
Podes olha-lo

E nada vai mudar no corpo.
Muda a tua forma de o veres que ele te dá amor, carinho, mimos, caricias.

Outras vezes acreditamos que precisamos de um abraço de outra pessoa, de outro corpo. Ensinaram-nos assim é ok.
E podemos nos abraçar com tanta intensidade, como se de outro corpo fosse.

Muitas vezes tratamo-lo tão mal e sofremos, que ele até morre por nos amar.

mm

Analista Programador || GOALMARKETING || SHIP4YOU | Lojas Online | Sites | Pagamentos Online Aluno desta escola viva que é a vida, juntamente com estes milhões de colegas, mestres, despertadores que se permitem (me) despertar e me envolver nesta consciência de tudo e de nada. (escolaviva.eu) | Terapeuta Corporal || Educação Emocional | Leitura e Cura de aura in @brunoazevedomadeira

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.